sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Comida e sedução

Por XicoSa

Nessa retrospectiva caliente, nada mais oportuno do que lembrar nossa campanha pela comilança, sem culpa, das fêmeas.
Mais prazeres da carne e menos metafísica nesse final de ano.
Te juega, Lola, no banquete nada platônico deste Natal.
Nada pior, amigo, do que sair com a pequena, e ela só beliscar, qual um passarinho, uns saudáveis farelos ou folhinhas sem graça.
Que desgosto.
Você caprichou na escolha do restaurante, acordou com água na boca por um prato que só você sabe onde encontrá-lo, quer fazer uma presença, fazer bonito com a cria da sua costela.
Que desgosto, a gazela mira o ambiente com “nojinho”, de tão fresca. Uma estraga-prazeres, eclipse de um belo sabadão ensolarado.

La grande Bouffe (A comilança)- 1973
Ah, nada mais bonito do que uma mulher que come bem, com gosto, paladar nas alturas, lindamente derramada sobre um prato de comida, comida com sustança.
Os olhinhos brilham, a prosa desliza entre a língua, os dentes, sonhos, o céu da boca. Ela toma uma caipirinha, a gente desce mais uma, sábado à tarde, nossa doce vida, nossos planos, mesmo na velha medida do possível.
Pior é que não é mais tão fácil assim encontrar esse tipo de criatura. Como ficou chato esse mundo em que a maioria das mulheres não come mais com gosto, talher firme entre os dedos finos, mãos feitas sob medida para um banquete nada platônico.
Época chata essa. As mulheres não comem mais, ou, no mínimo, dão um trabalho desgraçado para engolir, na nossa companhia, alguma folhinha pálida de alface. E haja saladinha sem gosto, e dá-lhe rúcula!
A gente não sabe mais o que vem a ser o prazer de observar a amada degustando, quase de forma desesperada, um cozido, uma moqueca, uma feijoada completa, uma galinha à cabidela, massa, um chambaril, um sarapatel, um cuscuz marroquino/nordestino, um cabrito, um ossobuco, um bife à milanesa, um tutu na decência, mocotó, um baião de dois, uma costela no bafo, abafa o caso!
Foi embora aquela felicidade demonstrada por Clark Gable no filme ”Os Desajustados”, quando ele observa, morto de feliz, Marilyn Monroe devorando um prato de operário. E elogia a atitude da moça, loa bem merecida.
Além do prazer de vê-las comendo, pesquisas recentes mostram que as mulheres com taxas baixíssimas de colesterol costumam ser mais nervosas, dão mais trabalho em casa ou na rua, barraco à vista, intermináveis discussões de relação…
Nada mais oportuno para convencê-las a voltar a comer, reiniciá-las nesse crime perfeito.
Moças de todas as geografias afetivas e gastronômicas, aos acarajés, às fogazzas, aos pastéis, aos cabritos assados e cozidos, ao  sanduíche de mortadela, à dobradinha à moda do Porto, ao lombo -de lamber os lábios!-, ao churrasco de domingo para orgulho do cunhado que capricha na carne e sabe a arte de gelar uma cerva. E aquela fava, meu Deus, com charque, enquanto derrete a manteiga de garrafa, último tango do agreste.
O importante é reabrir o apetite das moças, pois, repito, senhoras e senhores, o velho mantra: homem que é homem não sabe a diferença entre estria e celulite.

Bon appétit!
Bonne Année


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!

Que alegria ter você aqui...entre...entre...se acomode aqui ao meu lado...vamos tomar uma xícara de chá? ou café, se preferir...estou feliz que tenha vindo! Você e sua Alma encantadora!

Sinta-se em casa...e, sempre que quiser...

APAREÇA!

Sua presença ilumina meu dia.

Volte sempre!!

.

"Quando as panelas da cozinha forem tão sagradas, quanto os vasos dos altares, o Sagrado estará na Terra." santa Tereza D'Ávila (1515-1582)



"É um péssimo cozinheiro aquele que não pode lamber os próprios dedos."
- William Shakespeare
-

Peregrinos: BEM VINDOS!

English French German Spain Italian Dutch Russian Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Receita da bruxinha

Mau Humor faz mal a saúde! Dá cegueira no coração, cria verruga no nariz, deixa a gente todo verde, a língua engrossa e fica azul, as orelhas ficam pequeninas carregadas de pontinhos amarelos e roxos, os olhos ficam tortos e esbugalhados, os cabelos arrepiam prá cima, prá baixo, pro lado, a perna fica manca...e o pior disso tudo...encurta a vida.... Por isso, se quiser viver mais, aqui um conselho: AME MUITO – SORRIA - VIVA E FAÇA FELIZ!!! :D http://files.4s-brux1nh4s-s3nsu4is.webnode.com.br/200000001-897e98a7a5/halloweendiva.gif

Gotas encantadas

Receitas (52) Reflexão (22) energia (21) proteção (18) qualidade de vida (18) Alimentos saudáveis (17) Ritual (17) cura (16) ervas (15) emoções (14) Celebração (13) equilíbrio (13) chá (12) Oração (11) alegria (11) Família (10) casa (10) alquimia (9) limpeza (9) Comer (8) equilibrio (8) receita (8) sentidos (8) Cozinha (7) Paz (7) Simpatia (7) Compartilhar (6) Cultura (6) comida (6) homens (6) Alecrim (5) Pimenta (5) limpeza. (5) Chá de alcaçuz (4) Familia (4) Magia (4) canela (4) prosperidade (4) respiração (4) Amor (3) Bruxas (3) Natal (3) Pesquisa Científica (3) Saude (3) Saúde (3) Solidariedade (3) aromas (3) café (3) cores (3) cristais (3) jardim (3) longevidade (3) sabores (3) Ano Novo (2) Bebida (2) Brindar (2) Celtas (2) Festa Junina (2) Fogão (2) Lua (2) Mitos (2) Mulheres (2) Pés (2) Reciclar (2) Sociedade (2) Suco (2) Vovó (2) anjos (2) banho (2) chocolate quente (2) cravo (2) erotismo (2) gatos (2) gratidão (2) louro (2) pedras (2) viver (2) água (2) árvore (2) Arcanjo Gabriel (1) Avenca (1) Esponja (1) Fígado (1) Halloween (1) História (1) Imbolc (1) Mandala (1) Ostara (1) Plantas (1) Páscoa (1) Pão (1) Solstício (1) Sopa (1) São Francisco de Assis (1) São João (1) Voluntário (1) bicarbonato de sódio (1) bolacha (1) chimarrão (1) colheita (1) deusa Afrodite (1) deusa Bright (1) feminino (1) gengibre (1) hortelã (1) inveja (1) limão (1) maturação (1) mãe (1) nos moscada (1) reis magos (1) sagrado (1) sal grosso (1) sentimentos (1) sons (1) temperos (1) timo (1) ventos (1) xarope (1)

Créditos e Autoria

Os textos aqui postados são pesquisados em livros e na internet. Alguns desconheço sua autoria, muito embora, busco incessantemente descobrir. Nossa intenção em postá-los nesse espaço é compartilhar e espalhar conhecimento. Acreditamos que essa é a vontade de nossos ancestrais. Afinal, de que adianta um livro guardado em nossa estante? É envolta nessa aura de desejo em repassar, distribuir, informar, que ousamos acarinhar os corações que aqui chegarem. Deixamos nossa eterna gratidão à todos os seres Maravilhosos, que nos legaram com tantas pérolas. E através desse legado, nos permitem espalhá-las como flores ao vento... Que todos sejam triplamente abençoados!!! Com Amor, Madre Del'Alma Namastê!

Alimente meus amores