terça-feira, 8 de novembro de 2016

Como está nossa casa?

Sua casa é viva ou morta? 

Adicionar legenda

A pergunta soa estranha, com certeza. E você logo responderá que casa é algo inanimado.

A casa é feita de pedras, tijolos, madeira, portanto, não tem vida.

Entretanto, casas existem que são mortas. Você as adentra e sente em todos os cômodos a inexistência de vida. Sim, dentro delas habitam pessoas, famílias inteiras.

Mas são aquelas casas em que quase tudo é proibido. Tudo tem que estar tão arrumado, ajeitado, sempre, que não se pode sentar no sofá porque se está arriscando sujar o revestimento novo e caro.

Casas em que o quarto das crianças é impecável. Todos os bichinhos de pelúcia, por ordem de cor e tamanho, repousam nas prateleiras.

Essas casas são frias. Pequenas ou imensas, carecem do calor da descontração, da luz da liberdade e da iluminada possibilidade de dentro delas se respirar, cantar, viver.

Por isso mesmo parecem mortas.

As casas vivas já demonstram, desde o jardim, que nelas existe vibração e alegria.

No gramado, a bola quieta fala da existência de muitos folguedos. A bicicleta, meio deitada, perto da garagem, diz que pernas infantis até há pouco a movimentaram com vigor.

Em todos os cômodos se reflete a vida. No sofá, um ursinho de pelúcia denuncia a presença de um pequenino irrequieto que carrega a sua preciosidade por todos os cantos.

Na saleta, livros, cadernos e lápis dizem dos estudos que se repetem durante horas. O dicionário aberto, um marcador de páginas assinalando uma mensagem preciosa falam de pesquisa e leitura atenciosa.

A cozinha exala a mensagem de que ali, a qualquer momento, pode chegar alguém e se servir de um copo d'água, um café, um pedaço de pão.

Os quartos traduzem a presença dos moradores. Cores alegres nas cortinas, janelas abertas para que o sol entre em abundância.

Os travesseiros um pouco desajeitados deixam notar que as crianças os jogam, vez ou outra, umas contra as outras, em alegres brincadeiras.

Enfim, as casas vivas são aquelas em que as pessoas podem viver com liberdade. O que não quer dizer com desordem.

As casas vivas são aquelas nas quais os seus moradores já descobriram que elas foram feitas para morar, mas sobretudo para se viver.

* * *

O desapego às coisas terrenas inicia nas pequeninas coisas. Se estabelecemos, em nosso lar, rígidas regras de comportamento para que tudo esteja sempre impecável, como se pessoas ali não vivessem, estamos demonstrando que o mais importante são as coisas, não as pessoas.

Manter o asseio, a ordem é correto. Escravizar-se a detalhes, temer por estragos significa exagerado apego a coisas que, em última análise, somente existem em função das pessoas.

Transforme sua casa, pequena, de madeira, uma mansão, num lugar agradável de se retornar, de se viver, de se conviver com a família, os amigos, os amores.

Coloque sinais de vida em todos os aposentos. Disponha flores nas janelas para que quem passe, possa dizer: Esta é uma casa viva. É um lar.

Redação do Momento Espírita


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!

Que alegria ter você aqui...entre...entre...se acomode aqui ao meu lado...vamos tomar uma xícara de chá? ou café, se preferir...estou feliz que tenha vindo! Você e sua Alma encantadora!

Sinta-se em casa...e, sempre que quiser...

APAREÇA!

Sua presença ilumina meu dia.

Volte sempre!!

.

"Quando as panelas da cozinha forem tão sagradas, quanto os vasos dos altares, o Sagrado estará na Terra." santa Tereza D'Ávila (1515-1582)



"É um péssimo cozinheiro aquele que não pode lamber os próprios dedos."
- William Shakespeare
-

Peregrinos: BEM VINDOS!

English French German Spain Italian Dutch Russian Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Receita da bruxinha

Mau Humor faz mal a saúde! Dá cegueira no coração, cria verruga no nariz, deixa a gente todo verde, a língua engrossa e fica azul, as orelhas ficam pequeninas carregadas de pontinhos amarelos e roxos, os olhos ficam tortos e esbugalhados, os cabelos arrepiam prá cima, prá baixo, pro lado, a perna fica manca...e o pior disso tudo...encurta a vida.... Por isso, se quiser viver mais, aqui um conselho: AME MUITO – SORRIA - VIVA E FAÇA FELIZ!!! :D http://files.4s-brux1nh4s-s3nsu4is.webnode.com.br/200000001-897e98a7a5/halloweendiva.gif

Gotas encantadas

Receitas (52) Reflexão (22) energia (21) proteção (18) qualidade de vida (18) Alimentos saudáveis (17) Ritual (17) cura (16) ervas (15) emoções (14) Celebração (13) equilíbrio (13) chá (12) Oração (11) alegria (11) Família (10) casa (10) alquimia (9) limpeza (9) Comer (8) equilibrio (8) receita (8) sentidos (8) Cozinha (7) Paz (7) Simpatia (7) Compartilhar (6) Cultura (6) comida (6) homens (6) Alecrim (5) Pimenta (5) limpeza. (5) Chá de alcaçuz (4) Familia (4) Magia (4) canela (4) prosperidade (4) respiração (4) Amor (3) Bruxas (3) Natal (3) Pesquisa Científica (3) Saude (3) Saúde (3) Solidariedade (3) aromas (3) café (3) cores (3) cristais (3) jardim (3) longevidade (3) sabores (3) Ano Novo (2) Bebida (2) Brindar (2) Celtas (2) Festa Junina (2) Fogão (2) Lua (2) Mitos (2) Mulheres (2) Pés (2) Reciclar (2) Sociedade (2) Suco (2) Vovó (2) anjos (2) banho (2) chocolate quente (2) cravo (2) erotismo (2) gatos (2) gratidão (2) louro (2) pedras (2) viver (2) água (2) árvore (2) Arcanjo Gabriel (1) Avenca (1) Esponja (1) Fígado (1) Halloween (1) História (1) Imbolc (1) Mandala (1) Ostara (1) Plantas (1) Páscoa (1) Pão (1) Solstício (1) Sopa (1) São Francisco de Assis (1) São João (1) Voluntário (1) bicarbonato de sódio (1) bolacha (1) chimarrão (1) colheita (1) deusa Afrodite (1) deusa Bright (1) feminino (1) gengibre (1) hortelã (1) inveja (1) limão (1) maturação (1) mãe (1) nos moscada (1) reis magos (1) sagrado (1) sal grosso (1) sentimentos (1) sons (1) temperos (1) timo (1) ventos (1) xarope (1)

Créditos e Autoria

Os textos aqui postados são pesquisados em livros e na internet. Alguns desconheço sua autoria, muito embora, busco incessantemente descobrir. Nossa intenção em postá-los nesse espaço é compartilhar e espalhar conhecimento. Acreditamos que essa é a vontade de nossos ancestrais. Afinal, de que adianta um livro guardado em nossa estante? É envolta nessa aura de desejo em repassar, distribuir, informar, que ousamos acarinhar os corações que aqui chegarem. Deixamos nossa eterna gratidão à todos os seres Maravilhosos, que nos legaram com tantas pérolas. E através desse legado, nos permitem espalhá-las como flores ao vento... Que todos sejam triplamente abençoados!!! Com Amor, Madre Del'Alma Namastê!

Alimente meus amores